sexta-feira, 9 de novembro de 2007

Caos no areporto!

Passageiros entram em pânico: 5 pessoas morreram afogadas e 7 ficaram feridas em inundação no guichê da TAM, essa sexta.


Título sensacionalista no Sol hoje hehe. Vamos ao causo:

Com o espírito de um mestre pokémon dominando meu corpo e com alguma curiosidade para conhecer o aeroporto Santos Dummond, saí às ruas do Rio para capturar mais vaquinhas, pelo centro.

Vi no mapa que uma delas ficava no aeroporto e , mesmo não sabendo se dava pra ir até lá a pé, resolvi sanar a curiosidade e marchei quilômetros até lá.

Fui ludibriado. Duas vezes.
Primeiro porque não achei o raio da vaca que supostamente deveria estar lá. E depois porque não vi o aeroporto lotado, mesmo na sexta-feira, não vi pessoas dando voadoras na porta da BRA, não vi ninguém acampando no saguão esperando vôo de 4 meses atrás, e não ví um mísero repórter gritando "Caos no aeroporto!! Corram para as colinas!!!!"
O lugar tava tão quieto que mais parecia um cemitério. Nem a voz da mulher que anuncia os vôos é tão bonita quanto eu achava que fosse.

O pior é que como eu não tenho dinheiro pra torrar numa passagem de avião, nem pude atravessar a área dos portões, o único lugar onde se tem uma visão decente pra tirar foto dos aviões, ou seja, meus pés quase se dissolveram atoa indo lá.

Já com lágrimas prestes a transbordarem de minhas glândulas lacrimais, por ter saído de mãos abanando, eis que de repente, não mais que de repente, enquanto eu passava pelo guichê da TAM, sabe-se-lá como, começa a vazar água de duas luminárias de teto (!?! não me pergunte como nem por que), molhando o conhecido tapete vermelho e quase acertando algum cliente sortudo que estava ali em baixo.

Ai eu tive que sacar a câmera e tentar bater alguma foto em 2 segundos, antes que o cara da segurança me desse uma voadora.

As fotos ficaram toscas e tremidas pq não usei flash pra não chamar atenção e bati o mais rápido possível, pois logo chegaram 300 funcionários e seguranças no local e eu me mandei pra não sobrar pra mim tb hehe.

Pelo menos saí de lá com uma matéria nova para o Sol Ardente hehe.

No canto a esquerda: cliente rapidamente retira sua mala do caminho. Ao fundo: clientes olham assustadas para o alto , enquanto a funcionária de saia chama a cavalaria pelo rádio. No alto: luzes que vazam: o próximo problema dos aeroportos brasileiros?
(clique para ampliar)

As duas poças que se formavam com a água vinda de luminárias, por mais bizarro que pareça.
(clique para ampliar)

2 comentários:

Blower's Daughter disse...

Hahahahahahahahahaha!!!!!

Olha,eu acho que tudo isso aconteceu pq foi uma conspiração dos cachorros-quentes!Hahahahaha!

Então,só vc mesmo pra ir andando até o aeroporto,não ver as vaquinhas e ainda por cima tirar foto das luminárias vazando,hahahahaha...eu adorei as fotos!Foi mto corajoso da sua parte,vc podia ter morrido afogado,hahahahaha

Bjokas!!!

Thiago disse...

Nessa hora, meu espírito de jornalista investigativo e repórter do Sol Ardente da Meia Noite Sombria falou mais alto haha.

Mas coragem mesmo foi tirar as fotos na frente do segurança, um negão mal encarado de 2 metros e ninguém vir atrás de mim pedindo pra eu apagar as fotos haha.